Você sabe qual o melhor exame para detectar COVID-19? Nesse texto explicamos sobre os exames que existem no mercado atualmente e como escolher o melhor exame para detectar a doença.
 

Quais os tipos de exames para saber se estou com o novo Coronavírus?

Existem três tipos de exames para detectar uma infecção atual pelo novo Coronavírus. Todos estes testes são realizados com material coletado por swab de nasofaringe. Saiba mais sobre a diferença entre os testes para COVID-19

 

  • RT-PCR: É uma metodologia considerada padrão ouro que detecta o material genético do vírus em amostras respiratórias. 

  • RT-LAMP: É outra metodologia que detecta o material genético do vírus, com sensibilidade discretamente inferior ao RT-PCR.

  • Antígeno: É um teste rápido, que detecta as proteínas do vírus, e com sensibilidade inferior aos dois primeiros.

 

Qual o melhor exame para detectar COVID-19 em uma pessoa que está apresentando os sintomas da doença?

Atualmente o exame padrão-ouro  para detectar a COVID-19 é o de RT-PCR.  O teste mostra se o paciente está com a doença no momento. É um teste de  biologia molecular para detectar diretamente o material genético do SARS-CoV-2 na secreção respiratória do paciente. O teste é recomendado para o diagnóstico de COVID-19 em pacientes sintomáticos e está melhor indicado  até o 12º dia de sintomas. É um teste que possui alta especificidade, e dentre os testes disponíveis, melhor sensibilidade.

O RT-LAMP também é um teste com excelente especificidade e sensibilidade ligeiramente inferior ao RT-PCR, com a vantagem de disponibilizar o resultado muito rapidamente. Devido a essas características, ele está bem indicado entre o primeiro e o décimo dia de sintomas, idealmente até o sétimo dia.

Além deles, o antígeno é um teste muito específico, mas que tem sensibilidade inferior aos anteriores. A grande vantagem dele é seu custo e rapidez no resultado. Por ter um maior risco de falsos negativos, ele é mais bem indicado até o sétimo dia de sintomas (preferencialmente até o quinto dia), quando a quantidade de vírus nas vias aéreas costuma ser mais alta.

 

Qual a probabilidade do exame dar um resultado errado?

Um resultado falso-positivo de RT-PCR é extremamente raro.

Um resultado falso-negativo, entretanto, deve ser considerado uma possibilidade, principalmente se a pessoa tem uma probabilidade alta de doença (por exemplo sintomas típicos e exposição recente a indivíduo com a doença). Na suspeita de um falso negativo, pode ser indicado novo exame, em uma nova coleta.
 

Onde fazer teste de COVID-19 para saber se estou infectado?

Saber onde fazer os exames de Coronavírus com confiança e segurança é importantíssimo! Conheça nossas unidades e escolha a mais perto de você.

 

Quem já pegou Coronavírus pode pegar de novo? Esse é um questionamento frequente para todos, entenda mais sobre o assunto! 

Tags