Estou com Coronavírus, o que devo fazer? Durante a pandemia de COVID-19, a população está em busca de testes para a doença, mas ainda há dúvidas sobre qual teste usar em cada momento. Entenda abaixo sobre o exame de sorologia e o teste RT-PCR e quais são as principais diferenças entre eles.

 

Quais os tipos de exames existentes para Coronavírus? 


RT-PCR

É o teste que mostra se o paciente está com a doença. É uma metodologia padrão ouro, que se utiliza de biologia molecular para detectar diretamente o SARS-CoV-2 na secreção respiratória do paciente. O teste é recomendado para o diagnóstico de COVID-19 em pacientes sintomáticos e pode detectar a carga viral até o 12º dia de sintomas. É um teste confirmatório que possui alta sensibilidade.

 

Teste de antígeno 

O teste de antígeno é um exame imunológico que avalia a proteína viral no organismo. Sua metodologia é imunocromatografia, que consiste na geração de cor a partir de uma reação entre o antígeno e o anticorpo.

É um teste rápido que gera o resultado em até 30 minutos. É importante ressaltar que o teste não detecta os anticorpos adquiridos e sim a presença do vírus naquele momento. Para a confirmação do diagnóstico adquirido com o teste de antígeno, recomenda-se o exame de RT-PCR.
 


Testes Imunológicos (Sorologia)

São exames que mostram se o paciente já teve a doença. Ele detecta anticorpos IgM e IGg ou IgA e IGg, produzidos na reação imunológica do organismo à infecção. Sua realização é recomendada a partir do 10º dia do início dos sintomas. O teste apresenta baixo valor preditivo negativo, o que significa que um resultado negativo não exclui a presença da doença. 

 

Testes Imunológicos Rápidos

São testes emergenciais ou ambulatoriais capazes de detectar proteínas na infecção e identificam a presença de anticorpos para o vírus. É um exame que não possui a precisão igual aos testes sorológicos realizados no sangue venoso.

 

Diferenças entre o exame de RT-PCR e da Sorologia

  • - RT-PCR: É uma metodologia que detecta o material genético do vírus em amostras respiratórias. Realizada por RT-PCR em laboratórios ou por metodologias rápidas de PCR nos hospitais. 
  • - Sorologia: Avalia se houve ou não infecção prévia ou contato com o vírus e possuem menor sensibilidade que o teste de RT-PCR.

 

Como são realizados os exames para COVID-19? 

RT-PCR: O exame é realizado através de material coletado de secreção de naso-orofaringe.  A amostra é obtida por meio de swab (cotonete). O teste é indolor, mas pode ser incômodo.

Sorologia: A amostra é realizada pela coleta de sangue do paciente. É um exame realizado através de imunoensaio automatizado em metodologias de quimioluminescência, eletroquimioluminescência ou ELISA. 

Testes Imunológicos rápidos: Para realizar esses testes, é necessária uma lâmina de nitrocelulose que reage à amostra coletada e apresenta resultado visual em caso de diagnóstico positivo.

Teste de antígeno: É um teste imunológico que avalia a presença do vírus no organismo naquele momento. A amostra é coletada por meio de swab (cotonete) e o resultado é rápido, demorando em média 30 minutos para ficar pronto.
 

Quais as principais diferenças entre IgG, IgM e IgA? 

Imunoglobulina G (IgG): é o anticorpo que existe em maior quantidade, chamado de anticorpo de fase de convalescença da doença e pode ser encontrado em todos os fluidos corporais.

Imunoglobulina M (IgM): é o primeiro anticorpo a ser produzido na presença de novas infecções e é encontrado no sangue e no fluido linfático.

Imunoglobulina A (IgA): é um anticorpo presente nas mucosas do intestino, estômago e boca. Podem estar presentes também na saliva, leite materno e nas lágrimas.

Vale ressaltar que em nossos exames essas imunoglobulinas são detectadas no sangue.
 

Teste de anticorpos totais

O teste de anticorpos totais consiste em um único exame, realizado por meio da coleta de uma pequena amostra de sangue, capaz de detectar simultaneamente a produção do IgM e IgG no organismo.

O teste possui cerca de 95% de sensibilidade, tendo apenas 5% de chance de apresentar resultados falsos-positivos. 

 



Como interpretar o resultado dos exames para o novo Coronavírus? 

Os resultados dos exames devem ser interpretados com o auxílio de um médico especialista. Para mais informações e entendimento de como interpretar o resultado dos exames, confira nosso artigo sobre IgG e IgM reagentes para Covid ou veja o que fazer se o resultado for IgG positivo e IgM negativo.

 

 

Tags