O trabalho da América Latina em radiologia vai ganhar nova exposição global a partir de 06 setembro com a entrada da brasileira Maria Cristina Chammas, diretora do Serviço de Ultrassonografia do InRad – HCFMUSP e coordenadora de ultrassom na Dasa, como presidente-eleita do novo board. Será a segunda vez na história da WFUMB que o Brasil vai estar representado na liderança da entidade.

O trabalho da América Latina em radiologia vai ganhar nova exposição global a partir de 06 setembro com a entrada da brasileira Maria Cristina Chammas, diretora do Serviço de Ultrassonografia do InRad – HCFMUSP e coordenadora de ultrassom na Dasa, como presidente-eleita do novo board. Será a segunda vez na história da WFUMB que o Brasil vai estar representado na liderança da entidade.

Em 6 de setembro, durante o Congresso Mundial de Ultrassonografia, que ocorrerá na Austrália, a brasileira Cristina Chammas se tornará a presidente-eleita da World Federation for Ultrasound in Medicine and Biology (WFUMB) para o biênio 2021 – 2023, junto com a nomeação do novo board que assume na gestão de 2019 a 2021. Será a segunda vez que o cargo estará representado por um especialista da América Latina. Antes de Cristina, entre 2006 e 2009, o também brasileiro Prof Dr. Giovanni Guido Cerri abriu esse histórico.

“Essa visibilidade é extremamente importante para expormos o trabalho feito na América Latina, em especial relacionado à parte acadêmica desenvolvida e não menos importante frente às indústrias, que atualmente visam mercados que estão em evidência, como a Ásia. Assim, temos muito espaço a ocupar”, pontua. A eleição de Cristina Chammas foi uma escolha unânime, mesmo diante do cenário do maior número de Federações (e votos) provirem da Europa, Ásia e América do Norte. 

O objetivo de Cristina na gestão da Federação é certo: levar educação como pauta prioritária, além de poder levar a ultrassonografia a locais menos favorecidos do planeta. Como coordenadora de ultrassom na Dasa, foi uma das realizadoras do Centro de Aperfeiçoamento e Pesquisa
em Ultrassonografia Prof. Dr. Giovanni Guido Cerri, criado em 2015, para formar e atualizar médicos na utilização do método e de suas inovações. “É evidente a evolução no padrão dos exames depois que os médicos passam pelo curso”, orgulha-se. A iniciativa começou com o intuito de garantir qualidade nos atendimentos da companhia e agora é uma oportunidade de aprendizado do que há de mais inovador na área para profissionais que não fazem parte do corpo clínico Dasa. As novas tecnologias, explica, demandam formações constantes para utilizá-las com eficiência.

É com essa intenção de disseminar boas práticas da ultrassonografia aliado ao lema da Federação “Ultrasound 4 all” que ela irá assumir a presidência. “Na posição de líder mundial da US, meu trabalho será de congregar os médicos das diversas especialidades que utilizam o ultrassom como ferramenta diagnóstica e orientar procedimentos. Assim, unidos, defender por meio da educação a melhor prática desse método e viabilizar o acesso à ultrassonografia de qualidade em áreas remotas, pobres e/ou em desenvolvimento do planeta. Nessas regiões com dificuldade de acesso aos métodos diagnósticos por imagem mais caros, a ultrassonografia pode representar uma excelente opção e, muitas vezes, a única”, explica.

A eleição de Cristina gera evidência para o trabalho da América Latina e chama atenção para a falta de representatividade feminina, pois será a primeira mulher presidente-eleita. “Fico muito lisonjeada em poder ser uma faísca de inspiração para gerações mais novas de mulheres, estimulando-as a ocupar postos de liderança. Só posso agradecer aos meus pares por me apoiarem nessa empreitada, em especial ao Prof. Giovanni Cerri, que sempre valorizou e estimulou as mulheres à sua volta a exercerem esse papel”.

 

Na foto, Maria Cristina Chammas durante o Congresso da Flaus. Ao seu lado esquerdo: Dolores Bustelo (presidente da SRP), Denise Martineli, Antônio Carlos Matteoni da Athayde (ex-presidente do CBR) e, ao direto, Alair Sarmet Santos (presidente do CBR) e Dr. Peter Françolin (membro da CEAR)

Na foto, Maria Cristina Chammas durante o Congresso da Flaus. Ao seu lado esquerdo: Dolores Bustelo (presidente da SRP), Denise Martineli, Antônio Carlos Matteoni da Athayde (ex-presidente do CBR) e, ao direto, Alair Sarmet Santos (presidente do CBR) e Dr. Peter Françolin (membro da CEAR)

Tags
  • ultrassonografia
  • ultrassom
  • WFUMB
  • Dasa
  • HCFMUSP