Danielle Miranda,
Publicado em:

Estudos são realizados diariamente com o objetivo de entender melhor sobre como o Coronavírus se manifesta, novos sintomas podem aparecer a qualquer momento e ter ciência deles nos auxiliará a tomar medidas de controle mais rapidamente.

A Academia Americana de Oftalmologia (AAO) divulgou recentemente um alerta sobre a relação da conjuntivite e Coronavírus e explicou que pode ser um sintoma menos comum, assim como a dor de garganta, de COVID-19.

Os olhos são áreas mucosas do corpo humano e podem acarretar a transmissão da doença. No texto abaixo, explicamos melhor essa relação. Confira:

Existe relação entre conjuntivite e os sintomas de COVID-19?


Existe relação entre conjuntivite e os sintomas de COVID-19?

Sim, por ser uma infecção viral, há relação entre conjuntivite e os sintomas de Coronavírus.

Daniel Vitor Santos, professor e subchefe do Departamento de Oftalmologia e Otorrinolaringologia da Faculdade de Medicina da UFMG, explica que a conjuntivite não é a principal manifestação do novo Coronavírus, mas pode sim ser desencadeada pelo agente causador da doença. Entretanto, essa informação não é surpresa, já que vírus mais conhecidos, como de gripes comuns, também podem levar ao quadro de conjuntivite ao entrar em contato com os olhos.

O que é ceratoconjuntivite?

É uma inflamação do olho que afeta diretamente a área conjuntiva e a córnea. Geralmente, acontece devido à infecção por bactérias ou vírus, principalmente o adenovírus. Além disso, pode ser causada por ressecamento do olho, sendo nomeada de ceratoconjuntivite seca.

O diagnóstico da ceratoconjuntivite é confirmado através de análise realizada por um oftalmologista, que indicará o melhor tratamento a ser seguido.

covid e conjuntivite

Quais os sintomas de conjuntivite?

  • Vermelhidão nos olhos;
  • Ardência ou Coceira;
  • Inchaço nas pálpebras;
  • Secreção;
  • Dor nos olhos;
  • Secura nos olhos;
  • Embaçamento da visão;
  • Sensibilidade a luz.

Casos de conjuntivite no Coronavírus

De acordo com o Portal Pebmed, um caso de uma paciente norte-americana de 29 anos, chamou atenção pela relação entre conjuntivite e Coronavírus.

A paciente havia retornado para o Canadá após uma viagem de um mês para Filipinas, passando um dia em São Francisco, Califórnia. Ela foi atendida em emergência oftalmológica relatando conjuntivite no olho direito e já apresentava quadro de fotofobia, edema palpebral e descarga mucosa. Esse foi o primeiro sintoma da paciente.

Após dois dias, ela retornou com piora da hiperemia, dor e irritação ocular e foi notado linfonodo pré-auricular tenso. No dia seguinte, houve uma nova piora dos sintomas oculares e piora da visão. Após realizar o exame de RT-PCR, a paciente foi diagnosticada com COVID-19.

Esse caso foi um alerta a todos oftalmologistas para ficarem atentos a casos de conjuntivite durante a época de pandemia.

Referências:

https://www.tuasaude.com/ceratoconjuntivite/#:~:text=A%20ceratoconjuntivite%20%C3%A9%20uma%20inflama%C3%A7%C3%A3o,sensa%C3%A7%C3%A3o%20de%20areia%20no%20olho.

Quer saber mais?

Se inscreva em nossa newsletter de Inovação