Dor de garganta é sintoma do Coronavírus? Saiba o que os especialistas dizem e suas recomendações

Danielle Miranda,
Publicado em:

Entenda a relação entre o Coronavírus e dor de garganta e o que fazer diante desse sintoma incomum, que pode indicar a doença.

Apenas dor de garganta pode ser sintoma de Coronavírus?

Assim como a diarreia, a dor de garganta também pode ser um dos indícios de COVID-19 e, mesmo sendo menos comum, devemos ficar atentos. De acordo com o Ministério da Saúde, os sintomas do Coronavírus se assemelham aos de outros vírus respiratórios, que são mais comuns agora no inverno. Isso pode dificultar o diagnóstico, que depende de uma investigação mais profunda.

O que fazer se eu tiver dor de garganta e outros sintomas, como dor de cabeça e febre?

Diante de sintomas leves, a orientação do Ministério da Saúde e da Organização Mundial da Saúde é que o paciente permaneça em casa, isolado dos demais moradores durante o período de incubação, que é de 2 a 14 dias. O paciente deverá procurar o hospital se os sintomas se agravarem, principalmente se apresentar falta de ar, dificuldade para respirar e febre acima de 39°C.

Tomar remédio para dor de garganta pode agravar o Coronavírus?

Os analgésicos podem ser utilizados para aliviar os incômodos causados pela dor de garganta. No entanto, é necessária a prescrição feita por um profissional, pois a automedicação nunca é indicada, ainda mais por se tratar de uma possível enfermidade nova. No momento, é necessário evitar idas aos hospitais. O ideal seria conversar com um médico via telefone ou consultar nossa Assistente Virtual, que poderá auxiliar na avaliação do quadro.

Principais perguntas sobre Coronavírus e dor de garganta:

Por ser uma doença que ainda precisa de muitos estudos, é possível que os sintomas ainda gerem dúvidas para todos. Abaixo separamos perguntas frequentes sobre o Coronavírus e dor de garganta:

O que fazer se eu estiver com dor de garganta forte?

Em casos de dor de garganta forte, geralmente analgésicos, previamente prescritos, e uma hidratação adequada são suficientes. Caso o sintoma se agrave e apresente quadros além do normal, é necessário procurar um profissional de saúde.

Estou com tosse seca provocada por uma leve dor de garganta, devo me preocupar?

Durante a pandemia do novo Coronavírus, é importante se precaver. Caso esteja com algum dos sintomas relacionados à doença, como a tosse seca, recomenda-se ficar isolado e analisar a progressão.

Estou com dor de garganta há algum tempo, mas não tenho nenhum outro sintoma de coronavírus. Posso tomar anti-inflamatório? Ele poderia “mascarar” a COVID-19?

Ainda não há evidências científicas que comprovem que o uso de anti-inflamatório pode mascarar a COVID-19.

Apenas infecção na garganta pode ser sintoma de COVID-19?

Sim. Porém não é possível diferenciar o Coronavírus de outros vírus respiratórios por esse sintoma. É importante acompanhar e investigar mais profundamente.

Dor de garganta e corpo meio trêmulo poderiam ser sintomas de coronavírus?

Sim. De acordo com o Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC), tremores constantes e dor de garganta podem ser sintomas de Coronavírus.

Meu filho(a) está com placas vermelhas na garganta. Devo levar ao hospital? O que fazer?

Quando a criança se queixa de irritabilidade na garganta, isso pode indicar inflamação. A assistência médica deve ser procurada quando a inflamação da garganta durar mais de um dia, ainda mais se for acompanhada por febre e se houve contato com pessoas que estão com angina estreptocócica (infecção bacteriana).

Como começam os sintomas? Todos juntos ou aos poucos, com dor de garganta e tosse?

Durante o período de incubação, é comum que a maioria das pessoas comece a apresentar indícios da doença a partir do 5° dia. As primeiras manifestações geralmente são febre, tosse, geralmente seca, e dores de garganta.

No sétimo dia, a evolução do quadro da maioria dos pacientes começa a apresentar melhoras. No entanto, se os sintomas se intensificarem ou evoluírem para outros comuns da COVID-19, o ideal é buscar auxílio médico.

Existe uma ordem de sintomas de COVID? Ou pode haver dor de garganta, tosse e tontura antes?

A evolução dos sintomas da doença depende de cada paciente. Algumas pessoas podem sentir nos primeiros dias apenas uma dor de garganta leve e nos dias seguintes os indícios podem progredir. Já outros pacientes relatam dores de cabeça, cansaço, dores no corpo e fraqueza como sintomas iniciais da doença.

Como saber se eu estou com coronavírus?

Para saber se está com Coronavírus, é necessário realizar o exame RT-PCR, que é a única maneira de confirmar o diagnóstico da doença. Diante de suspeita ou confirmação de COVID-19, o Ministério da Saúde recomenda o isolamento domiciliar para os pacientes. Já para saber se já teve a doença e identificar a presença de anticorpos no organismo, o recomendado é o teste de sorologia, a partir do 10⁰ dia do início dos sintomas.

Quer saber mais?

Se inscreva em nossa newsletter de Inovação