Orientações ao viajar durante a pandemia do coronavírus

Equipe Dasa,
Publicado em:

Já é seguro viajar? No dia a dia, as pessoas já se perguntam se é possível conciliar Coronavírus e viagens. No momento atual, é necessário avaliar os locais de destino e evitar países e estados que possuem uma alta taxa de casos de COVID-19.

Caso seja extremamente necessário viajar, cuidados de higiene pessoal e distanciamento social são essenciais para uma viagem segura.

COVID-19: Restrições de viagens para brasileiros que desejam viajar para o exterior

Alguns países restringiram a entrada de brasileiros durante a pandemia do Coronavírus, a fim de controlar a disseminação da doença no mundo. Entenda:

Europa

Na quarta-feira (1 de agosto), a União Europeia reabriu suas fronteiras externas. -Brasileiros estão proibidos de entrar, pois a situação pandêmica no país ainda está fora de controle. A restrição de entrada é para viagens consideradas não essenciais, como o turismo. A regra não se aplica a estudantes, trabalhadores sazonais, passageiros em trânsito e refugiados.

Estados Unidos

Desde o dia 27 de maio de 2020, foi tomada a medida em que os Estados Unidos restringem a entrada de brasileiros ou estrangeiros que tenham passado pelo Brasil nos últimos 14 dias.

A decisão foi tomada após a Organização Mundial da Saúde (OMS) declarar que a América do Sul era o novo epicentro da doença.

Outros países da América Latina

Peru, Guiana, Guiana Francesa, Suriname, Bolívia, Argentina, Paraguai, Chile, Uruguai, estão completamente fechados. Apenas cidadãos, residentes voltando para casa ou pessoas em outras circunstâncias especiais podem entrar no país.

Para maiores informações sobre quais países estão tomando medidas restritivas de viagens acesse a Associação Internacional de Transportes Aéreos e confira.

Orientações ao viajar durante a pandemia do coronavírus

Como se proteger se precisar viajar durante a pandemia do coronavírus?

Cuidados de higiene são essenciais nesse momento de pandemia. Saiba como se proteger:

Antes da viagem

Antes da viagem é necessário observar se o indivíduo apresenta qualquer indício da COVID-19 como falta de ar, tosse seca, dor de cabeça, dor de garganta e outros sintomas. Caso tenha algum desses sinais, é recomendado que o paciente aguarde pelo menos 14 dias para viajar.

No aeroporto

No aeroporto mantenha distância de pelo menos um metro e meio dos demais passageiros e sempre utilize máscaras de proteção.

No avião

No avião, mantenha-se de máscaras de proteção e só as retire quando for necessário. Higienize com frequência as mãos com álcool em gel 70% sempre que tocar em alguma superfície. Evite conversar com os demais tripulantes.

Depois de desembarcar

Após o desembarque, medidas de distanciamento social e higiene pessoal devem continuar sendo seguidas. A maioria dos casos de COVID-19 são assintomáticos, portanto, é recomendado, se possível, manter-se de quarentena por 14 dias ao chegar ao local de destino.
As medidas de prevenção valem para todos e devem ser respeitadas, uma vez que ainda não é possível saber se quem já pegou Coronavírus pode pegar de novo.

Recomendações do Ministério da Saúde em relação ao COVID-19 e viagens

As recomendações do Ministério da Saúde são:
• Evitar contato próximo com pessoas que apresentem sintomas de problemas respiratórios ou qualquer outro sintoma de COVID-19;
• Evitar locais com registros de transmissão de casos suspeitos ou confirmados de COVID-19;
• Informar detalhadamente, em caso de necessidade, ao atendimento do serviço de saúde o histórico de viagem e sintomas;
• Ficar em casa quando estiver doente ou sentir qualquer sintoma;

Além disso, lembre-se de como se prevenir do Coronavírus:

• Lavar as mãos frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos, especialmente antes de ingerir alimentos, após utilizar transportes públicos, visitar locais com grande fluxo de pessoas como mercados, shoppings, cinemas, teatros, aeroportos e rodoviárias. Se não tiver acesso à água e sabão, use álcool em gel a 70%.
• Não compartilhar objetos de uso pessoal, como talheres, pratos e outros utensílios.
• Evitar tocar mucosas dos olhos, nariz e boca sem que as mãos não estejam higienizadas.
• Proteger a boca e o nariz com um lenço descartável ou com o antebraço ao tossir ou espirrar.
• Utilizar máscaras de proteção em lugares públicos.

Viagens a trabalho durante a pandemia possuem algum tipo de preferência?

Em alguns locais é permitida a entrada de estrangeiros apenas se for a trabalho. É necessário verificar antes da viagem em quais lugares é permitida a entrada e a regra de cada país, estado ou cidade.

Saiba mais: Tive contato com uma pessoa com COVID-19, o que devo fazer?


Tópicos

Compartilhar


Equipe Dasa

A DASA é a maior rede de saúde integrada do Brasil, com uma rede de medicina diagnóstica, hospitais e uma empresa de gestão em cuidados. Nossos artigos são escritos por médicos especialistas e passam por uma revisão e validação robusta para a melhor qualidade de conteúdo para nossos pacientes e profissionais da saúde.

Quer saber mais?

Se inscreva em nossa newsletter de Inovação