Para debater as principais inovações no setor de saúde, o encontro
reuniu especialistas que lideram a revolução health 4.0 no Brasil

O seminário Conexão Saúde: Inteligência e Inovação para Medicina Personalizada, realizado pela Dasa em parceria com o Estúdio Folha, abordou os principais temas da atualidade sobre saúde, inovação e tecnologia.

Pedro de Godoy Bueno, presidente da Dasa, foi o responsável pela abertura do evento, agradeceu ao público presente, aos painelistas e à Folha por tornarem possível o seminário. Segundo o executivo, o futuro da saúde está sendo definido em diálogos que reúnem grandes especialistas, e é esse o objetivo do Conexão Saúde.

Na sequência, o presidente do conselho da Dasa, Romeu Côrtes Domingues, apresentou ações que a Dasa está desenvolvendo de forma pioneira, como o DasaInova – recém-inaugurado laboratório de Inteligência artificial da empresa e o Cubo Health – espaço exclusivo para startups de saúde dentro do hub de empreendedorismo tecnológico Cubo Itaú.

Confira abaixo alguns dos momentos de destaque do Seminário

 

Painel 1 – Avanços da análise genômica

O painel de abertura abordou um tema em alta na medicina: os avanços da genômica. O diretor médico de análises clínicas da Dasa, Gustavo Campana, destacou o importante papel da genética para identificar as melhores drogas para o tratamento de doenças específicas de cada paciente, de forma personalizada e individualizada.

“Com a precisão adquirida com os exames genéticos podemos diminuir o tempo para identificar o melhor tratamento. E, quando tratamos de doenças mais complexas, esse tempo pode ser determinante para o sucesso do paciente”. Gustavo Campana.

Participaram do debate junto ao dr. Gustavo Campana: Ciro Martinhago, da Chromosome Medicina de Precisão, Fábio Pires, da GeneOne – laboratório de genética da Dasa -, Lygia da Veiga Pereira, da USP, e Patrícia Munerato, da Thermo Fisher.

 

Painel 2 – Como a inteligência de dados auxilia e agiliza diagnósticos

No segundo debate do seminário, as diferentes formas de aplicação da inteligência artificial foram abordadas. Andrea Dolabela, diretora de desenvolvimento de novos negócios da Dasa, explicou sobre a importância da agilidade que a tecnologia pode fornecer ao setor.

“Estou sempre me colocando no lugar do paciente e do médico. O tempo que ambos podem economizar com a ajuda de ferramentas de prontuário eletrônico, apps, wearebles, e tantas outras, vão beneficiar todos os envolvidos”.

Uniram-se à Andrea Dolabela no painel, Alexandre Chiavegatto Filho, da Labdaps - FSP/USP, Helder Nakaya e João Carlos Setúbal, da USP, e Márcio Aguiar, da Nvidia.

A Dasa possui uma série de iniciativas e parcerias que envolvem inteligência artificial e saúde.
Confira aqui.

 

Painel 3 – Tecnologia como aliada de médicos e pacientes

No último momento de debate do dia, Leonardo Vedolin, diretor-médico de imagens da Dasa, comentou sobre a importância da adoção da tecnologia no dia a dia de quem lida com saúde.

“A tecnologia na medicina deve ser incorporada pelos médicos jovens e também os mais experientes. Esse é o caminho da medicina moderna que está norteando as grandes inovações na saúde. E, são essas iniciativas, que irão elevar a qualidade da relação médico-paciente”, afirmou Leonardo Vedolin.

Dividiram o painel com o Vedolin, Cláudio Domênico, do Hospital Pró-Cardíaco, Merula Steagall, da Associação Brasileira de Linfoma e Leucemia e Roberto Botelho da Telemedicine Networking do Brasil.

 

Encerramento

Para encerrar o seminário, Emerson Gasparetto, vice-presidente da área médica da Dasa, enfatizou o alto nível dos participantes dos painéis e firmou o compromisso da Dasa em continuar fortalecendo o setor com iniciativas de conhecimento e inovação como o seminário Conexão Saúde.

“Vamos continuar com essa busca incansável por um serviço médico mais moderno e mais eficiente. Eventos como esse são fundamentais para gerar e disseminar conhecimento de qualidade”. Emerson Gasparetto.

Tags