Dengue e Covid-19: A imunidade contra o coronavírus é mito ou verdade?

Danielle Miranda,
Publicado em:

A relação entre dengue e COVID-19, foi recentemente abordada e inúmeras especulações começaram a surgir. Isso porque foi realizado um estudo, liderado pelo cientista brasileiro Miguel Nicolelis, professor catedrático da Universidade Duke, na Carolina do Norte, EUA, que sugere que quem já teve dengue, poderia estar imune à COVID-19.

Entenda melhor sobre o assunto com o texto abaixo:

Dengue e Covid

Sobre o estudo realizado e a correlação com a imunidade da Covid-19

O estudo conduzido por pesquisadores da Universidade de São Paulo no Brasil e da Duke University, nos Estados Unidos, sugere que os anticorpos da dengue podem conferir algum nível de imunidade contra o novo Coronavírus.

O estudo analisou fatores no Brasil que influenciaram a disseminação desigual do vírus no país. Pesquisadores explicam o chamado “efeito bumerangue, onde cidades grandes que registravam mais casos, espalharam o vírus para o interior dos Estados.

“Tentando buscar uma explicação, encontrei o mapa da dengue do Ministério da Saúde e, onde tinha demorado a chegar covid-19, como Mato Grosso do Sul, Mato Grosso e Paraná, era onde tinha muitos casos de dengue, era complementar. Encontramos correlação inversa. Lugares com muita dengue tiveram menos casos, morreram menos pessoas e o tempo para chegarem os casos da covid-19 foi maior” – Explicou Miguel Nicolelis, professor catedrático de neurobiologia, engenharia biomédica, neurologia e neurocirurgia da Universidade Duke, nos Estados Unidos.

De acordo com o professor, pode ser que pessoas que tiveram dengue em algum momento da vida, tenham desenvolvido uma imunidade parcial contra a COVID-10. Porém, a tese ainda está sendo estudada por outros especialistas.

Está com suspeita da doença? Saiba qual é o exame mais confiável da COVID-19.

Qual a relação entre a dengue e o coronavírus?

Com base nas descobertas desse estudo realizado, cientistas levantaram a hipótese de que os anticorpos da dengue podem conferir certo nível de imunidade ao novo Coronavírus. A análise também sugere a possível relação que a vacina da dengue pode ter para conferir proteção contra o Coronavírus.

É necessário levar em conta para os estudos que a transmissão da COVID-19 é através de contato próximo de pessoa para pessoa ou contato com superfícies contaminadas, enquanto a da dengue é por picada de mosquito.

Dengue e coronavírus

Quem teve dengue pode pegar Covid-19?

Ainda não se sabe com clareza sobre a relação entre a dengue e o Coronavírus. O que se sabe é que inúmeros estudos e experimentos estão sendo realizados diariamente para sanar essas dúvidas.

Sintomas e diferenças entre a dengue, coronavírus e o Zika vírus:

Conheça os sintomas de cada uma das doenças e como diferenciá-los:

  • Sintomas da Dengue: febre alta; dor de cabeça; dor atrás dos olhos; perda de apetite, manchas na pele; náuseas e vômitos; moleza e cansaço; dor no corpo; dor articular.
  • Sintomas do Coronavírus: febre; tosse seca; cansaço; dores e desconfortos; dor de garganta; diarreia; conjuntivite; dor de cabeça; perda de paladar ou olfato; erupção cutânea na pele ou descoloração dos dedos das mãos ou dos pés.
  • Sintomas do Zika Vírus: febre baixa, dor muscular; conjuntivite; dor abdominal (pouco comum); diarreia (pouco comum); constipação (pouco comum).

Saiba mais: Reinfecção de Coronavírus

Fonte:

https://www.poder360.com.br/coronavirus/estudo-sugere-que-historico-de-dengue-ajuda-em-imunidade-para-covid-19/



Quer saber mais?

Se inscreva em nossa newsletter de Inovação