Dasa implementa pacote de medidas para ajudar a combater a COVID-19

O momento atual tem exigido cada vez mais atenção, agilidade e cuidado com a saúde. Por isso, diante do novo Coronavírus e em alinhamento com as recomendações do Ministério da Saúde e da OMS, a Dasa tem atualizado frequentemente seu pacote de medidas para o combate à pandemia. O intuito é contribuir com a segurança dos pacientes, médicos, colaboradores e da sociedade como um todo.

 

Conheça as iniciativas dirigidas para o combate ao Coronavírus:

 

1 - Doação do processamento de até 3 milhões de exames RT-PCR para COVID-19, em até 6 meses, por meio de uma força-tarefa com o Ministério da Saúde, que cria um Centro de Diagnóstico Emergencial. A iniciativa poderá se tornar a maior operação para diagnóstico da COVID-19 no mundo. Disponibilizaremos, de forma gratuita, profissionais e infraestrutura para o processamento dos exames em equipamentos e insumos cedidos pelo MS, que também definirá a logística de coleta.

 

O teste de RT-PCR é a metodologia “padrão-ouro” de diagnóstico, em uso pelas principais instituições de saúde no mundo. Além disso, é o mais adequado e com maior utilidade para um cenário de pandemia por ser mais assertivo, com sensibilidade mais elevada desde os primeiros dias de infecção.

 

2 - Desde 16 de abril, algumas unidades de nossos laboratórios estão temporariamente dedicadas para a realização de testes de COVID-19: RT-PCR (biologia molecular) e Sorologia IgM e IgG. Para oferecer o teste de Sorologia realizamos um processo interno de validação, o que garante o alto rigor técnico e científico de nossos testes. E o exame RT-PCR foi desenvolvido e validado em parceria com a USP, de acordo com regras preconizadas pelo College of American Pathologists (CAP), programa internacional de acreditação. O agendamento deve ser feito pelo site ou telefone de cada laboratório.

 

Conheça a diferença entre os testes:

 

RT-PCR (biologia molecular):  metodologia “padrão-ouro” capaz de detectar a carga viral, a presença do material genético do vírus na secreção respiratória dos pacientes. O exame é feito em material coletado de secreção de naso-orofaringe. Por meio de técnicas de biologia molecular, quantifica o material genético do vírus na amostra do paciente. O exame é recomendado para o diagnóstico de COVID-19 para pacientes sintomáticos e pode detectar a carga viral em média até o 12º dia de sintomas.

 

Sorologia: Testes imunológicos capazes de detectar os níveis de anticorpos IgM e IgG em amostra de sangue venoso do paciente, por imunoensaio automatizado. Como o organismo só começa a produzir anticorpos após a infecção já estar instalada, os  anticorpos da classe IgM, de fase aguda de infecção, possuem maior sensibilidade após o 10º dia de início dos sintomas. Ressaltamos que a sorologia apresenta baixo valor preditivo negativo e, por isso, um resultado negativo não exclui a presença da doença. A presença de anticorpos da classe IgG para definição da imunidade adquirida ocorre com melhor sensibilidade após o 15º dia de início dos sintomas.

 

3 - Além disso, para sua comodidade e proteção neste momento, nosso serviço de Atendimento Domiciliar para coletas de exames laboratoriais permanece em funcionamento. Pensando nos pacientes idosos (acima de 60 anos), isentamos a taxa de coleta em casa para que possam realizar exames necessários durante esse período.

 

4 - Lançamento de plataforma de conscientização e educação sobre o novo Coronavírus, disponível em www.dasa.com.br/coronavirus. No site, a população pode se informar, tirar dúvidas, desmitificar fake news, conhecer as melhores práticas e se atualizar das últimas notícias; 

 

5 - Abertura de novas frentes de atendimento médico via telemedicina para os médicos da Dasa que desejarem oferecer orientações clínicas para pacientes com sintomas gripais e Coronavírus, em conjunto com a GSC – Integradora de Saúde; 

 

6 - Reforço de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) para colaboradores que estão na linha de frente de atendimento aos pacientes, além de treinamentos e orientação constante sobre o uso correto de máscaras, luvas, avental descartável, entre outros, específicos para cada função. Além de protocolos mais rígidos de desinfecção das unidades laboratoriais, com contratação de serviço extra; 

 

7 - Alocação de 100% do time com possibilidade de trabalho remoto em esquema de home office, como administrativo, financeiro, jurídico, marketing, entre outras áreas. 

 

Não deixe de acessar o site www.dasa.com.br/coronavirus para se informar, tirar dúvidas, desmistificar fake news e conhecer as melhores práticas e últimas notícias a respeito do tema. 

 

Última atualização: 21 de abril de 2020

Tags