Novo teste de coronavírus simples e indolor: RT-PCR COVID-19 por meio da saliva

Danielle Miranda,
Publicado em:

Teste de COVID-19 é o primeiro RT-PCR Salivar do Brasil

Em resposta ao aumento do número de casos de coronavírus e visando termos testes cada vez menos invasivos ou incômodos para o paciente, implementamos nas marcas Alta Diagnósticos, Delboni Auriemo, Salomão Zoppi, Lavoisier, Sérgio Franco e Lâmina o primeiro teste salivar para COVID-19 em RT-PCR.

Desenvolvido com base em protocolo de Yale pela P&D Dasa, , o teste foi validado em um extenso protocolo de pesquisa que comparou 400 amostras, com resultados de concordância geral de 90% quando comparado ao RT-PCR em swab de naso/orofaringe, metodologia padrão-ouro, ou seja, superior a outras metodologias para saliva disponíveis.

PCR pela saliva

Para quem o RT-PCR pela saliva é indicado?

O RT-PCR é um teste para diagnóstico atual da doença COVID-19 (avaliação da presença do vírus).

Sintomáticos:

preferencialmente nos 7 dias iniciais da doença, em especial nas seguintes condições:

  • Pacientes que não toleram a coleta por swab de nasofaringe ou que apresentam restrições para este tipo de coleta;
  • Crianças e idosos, por ter a coleta facilitada;

Assintomáticos:

  • Avaliação de contactantes de caso confirmado de COVID-19;
  • Rastreio epidemiológico (em massa), quando realizado de maneira recorrente (a cada 72h), permitindo decisão rápida de isolamento e controle de surto.

Informações importantes sobre o RT-PCR Salivar:

  • Amostra: Coleta simples e indolor de 2 mL de saliva. não tomar água 10 minutos antes da coleta e evitar comida, bebida e spray nasal 30 minutos antes da coleta.
  • Método: RT-PCR (padrão-ouro), com concordância de 90% com relação a amostras de swab de naso/orofaringe.
  • Prazo para o resultado: em até 48h para os estados de SP e RJ.
rt-pcr pela saliva

Como é a interpretação dos resultados?

Existem dois resultados possíveis do exame de RT-PCR pela saliva: detectado ou não detectado.

Detectado:

Indicativo de infecção atual

Não detectado:

Indicativo de ausência de infecção atual;

O resultado “Não-Detectado” não descarta a presença do vírus em concentração inferior ao limite de detecção do teste, o que pode ocorrer especialmente nos dias iniciais da infecção e em portadores assintomáticos. É importante correlacionar o resultado deste exame com o quadro clínico e outros achados laboratoriais do paciente.

OBSERVAÇÕES

  1. Concordância com RT-PCR de naso/orofaringe (metodologia padrão-ouro): >90%
  2. ​​​​​​Em situações de menor quantidade do vírus nas secreções respiratórias, como infecções assintomáticas, o desempenho do teste RT-PCR salivar é ligeiramente inferior ao RT-PCR em swab de naso/orofaringe, por isso, o resultado “Não-Detectado” não descarta a presença do vírus em concentração inferior ao limite de detecção do teste, o que pode ocorrer nos dias inicais ou finais da infecção e em portadores assintomáticos;
  3. É importante sempre correlacionar o resultado deste exame com o quadro clínico e outros achados laboratoriais do paciente;
  4. Consulte a disponibilidade do exame com o nosso time de atendimento.
  5. Exame incluso no rol ANS e cobertura do exame em planos e seguros saúde conforme Diretriz de Utilização


Quer saber mais?

Se inscreva em nossa newsletter de Inovação