O crescimento das empresas tecnológicas da geração atual cresce em alta velocidade. As startups de saúde acompanham esse movimento e iniciam uma importante revolução.

Equipes enxutas que, em pouco tempo, geram resultados em larga escala e se fazem presente em diversas regiões, e até continentes.

 

Todos os mercados estão passando por esse tipo de transformação. O setor de health atravessa esse momento com grandes perspectivas, otimismo e sede de ideias inovadoras.

 

Dasa & Cubo

 

Ciente do momento decisivo que vivemos, o Grupo Dasa, maior empresa de medicina diagnóstica da América Latina, deu um passo em direção à inovação que tem potencial para ser o maior movimento em healthtech do país.

 

O espaço de empreendedorismo tecnológico Cubo Itaú, viabilizado pelo Banco em parceria com a Redpoint eventures, é um centro de inovação que abriga startups, grandes empresas, investidores e universidades. Para impulsionar a inovação do setor de health, o Grupo Dasa oferecerá know-how, infraestrutura e mentoria para todas as startups com foco em saúde.

 

Para o radiologista Emerson Gasparetto, VP da Área Médica do Grupo Dasa, a iniciativa vai ao encontro da proposta do grupo de gerar inovação e tecnologia.

 

“Vivemos um momento de muito debate sobre a transformação pela qual o mercado de saúde passa. Queremos fomentar essas discussões sobre inovações que busquem resolver ou atenuar os desafios atuais do setor. O ecossistema de saúde precisa se transformar e ter soluções que tornem a área mais sustentável está entre nossas discussões prioritárias”, enfatizou o executivo.

 

Além do incentivo às startups de healthtech, serão ofertados também treinamentos e encontros entre stakeholders interessados nas discussões. O público majoritário será composto por médicos, gestores de saúde, cientistas, startups, profissionais de TI e pesquisadores. “Estamos em busca do compartilhamento de conhecimento para estimular a pesquisa e o desenvolvimento e, quem sabe, selar parcerias”, comentou Ricardo Orlando, CIO da Dasa.

 

O Cubo é uma organização sem fins lucrativos, idealizada para apoiar startups e promover conexões com grandes corporações.

 

“Ao trabalhar com parceiros específicos, por segmento, conseguimos atuar ainda mais próximos de cada startup e seu nicho de mercado. A parceria com a Dasa será uma contribuição fundamental para continuarmos alavancando o ecossistema de inovação”, comentou Lineu Andrade, diretor de tecnologia do Itaú Unibanco.

 

A vertical Cubo Health abrigará um movimento pulsante de tecnologia e saúde

 

Identificar e apoiar startups com potencial para melhorar a qualidade de vida do paciente. Essa é a missão de Thiago Julio, gerente de Open Innovation do Grupo Dasa. Peça-chave no projeto, ele será responsável pelo elo entre as empresas e a infraestrutura da Dasa. Médico radiologista e com vasta experiência em tecnologia aplicada à saúde, Thiago tem a expertise para ligar as startups à tecnologia presente nas mais de 30 marcas do Grupo.

 

As residentes, como são chamadas as startups do projeto, poderão interagir com o corpo clínico e cientistas do Instituto de Ensino e Pesquisa da Dasa.

 

Todas as informações do projeto serão constantemente divulgadas nos canais digitais da Dasa. Acompanhe, compartilhe e faça parte deste universo em expansão. ?

Tags
  • Dasa
  • Grupo Dasa
  • Startups
  • Healthtech
  • expansão