dasa coronavírus social

Ações de impacto social positivo da Dasa contribuem para o combate à Covid-19 no Brasil

Equipe Dasa,
Publicado em:

Iniciativas da empresa durante a pandemia incluem desde cuidados com seus colaboradores até a participação em projetos que beneficiam toda a sociedade

A pandemia do novo coronavírus afetou gravemente a saúde pública e gerou grandes impactos sociais e econômicos em todo o mundo. Neste momento, a economia global passa pelo pior retrocesso em 90 anos, segundo o Relatório de Desenvolvimento Sustentável 2021 da Organização das Nações Unidas (ONU).

Fonte: https://developmentfinance.un.org/fsdr2021

Os governos discutem as melhores maneiras de gerenciar os impactos sociais e econômicos causados pela pandemia, enquanto empresas com cultura e práticas de responsabilidade social se envolvem na liderança de iniciativas a fim de enfrentar a crise sanitária e seus efeitos sobre os grupos mais suscetíveis.

Por questões emergenciais internacionais, o setor da saúde precisa realizar adaptações que refletem em uma nova agenda, focando em sustentabilidade, inovação e transformação digital acelerada.

“Nossas ações estão voltadas à construção de um modelo de gestão de saúde capaz de ampliar o acesso da população brasileira, com foco principalmente em prevenção e predição. Há iniciativas que contribuem, ainda, com o cuidado social em diferentes frentes, sobretudo no enfrentamento da pandemia, cobrindo toda a cadeia de saúde: desde diagnóstico, passando por cuidados assistenciais integrados, chegando à pesquisa científica”, diz o médico Romeu Domingues, cochairman da Dasa, a maior rede de saúde integrada do Brasil.

Comitê de crise em prontidão

Após as notícias sobre a rápida disseminação da Covid-19 e com a intenção de realizar novas análises a cada dia de possíveis cenários que orientassem as decisões a serem tomadas em diferentes situações, foi configurado pela Dasa um comitê de crise, composto pela alta liderança e por equipes multidisciplinares da empresa.

“Diante das novas demandas, avaliamos as necessidades de ampliação de leitos, medicamentos, insumos, respiradores e equipamentos de proteção individual (EPIs), buscando incessantemente oportunidades de negociações com mercados internacionais, como Índia, China e Estados Unidos, sem medir esforços para amparar todos os nossos serviços e atender os brasileiros. Desde o início da pandemia, a empresa destinou mais de R$ 44 milhões para iniciativas de impacto social relacionadas à Covid-19”, descreve Domingues.

Protagonismo em testes

  • Por meio de suas marcas de medicina diagnóstica, como Alta Diagnósticos, Delboni, Lavoisier e Sérgio Franco, a Dasa foi a primeira empresa brasileira a validar e oferecer o teste RT-PCR, considerado o padrão-ouro na hora de diagnosticar a Covid-19.
  • Em parceria com o Ministério da Saúde, a Dasa criou o Centro de Diagnóstico Emergencial (CDE).
  • A companhia investiu R$ 10,7 milhões para disponibilizar recursos humanos e infraestrutura para processamento de testes RT-PCR ao Sistema Único de Saúde (SUS). Para que fosse possível alcançar a marca de 8 mil testes por dia, foram necessárias 5.500 horas de treinamento para 74 colaboradores.
  • Foram atendidas 794 associações em 26 estados brasileiros, totalizando mais de 40 mil pacientes, além do Governo Federal.

Desvendando o coronavírus

Desde março de 2020, foram feitos mais de 7,5 milhões de testes de Covid-19. Com esses dados, foi possível que a Dasa acompanhasse a taxa de casos positivos nos locais do Brasil que possui laboratórios de análises clínicas e diagnóstico por imagem. “Nossos times de pesquisa, desenvolvimento e análise trabalharam juntos para entender o perfil de aumento de taxa de positividade nos resultados dos exames, e, com isso, conseguimos preparar a operação e informar órgãos públicos”, afirma Domingues.

Em 2020, a Dasa confirmou os dois primeiros casos da variante inglesa do coronavírus no Brasil, a B.1.1.7, que foi identificada nos exames de RT-PCR salivar de dois pacientes em São Paulo.

Em maio de 2021, a fim de acompanhar e conhecer a evolução genética do vírus em tempo real no Brasil, a Dasa lançou o projeto Genov, cujo objetivo é sequenciar 30 mil genomas completos do Coronavírus em um só ano. Para isso, foi necessário um investimento de R$4,8 milhões.

“Essa vigilância genômica, feita por amostragem em 15 estados, permitirá que acompanhemos o surgimento de novas variantes do vírus, informação crucial para o controle da pandemia”, explica Domingues. Junto com o reforço das medidas não farmacológicas (distanciamento e isolamento social, uso de máscara e higienização das mãos) e da oferta de vacinas em larga escala, a vigilância genômica compõe o tripé da prevenção da Covid-19.

Expansão de leitos e treinamento de mão de obra

Em linha com o plano de expansão de seu ecossistema de saúde, a Dasa fez aquisições de importantes players do mercado que triplicaram o número de leitos hospitalares. Foram adquiridos respiradores e outros itens essenciais para a gestão da crise sanitária. Além disso, a companhia contribuiu para equipar a rede pública, realizando as seguintes ações:

  • Doação de 10 leitos de UTI para o Instituto BRB, do Distrito Federal. Além de R$ 4 milhões para aquisição de equipamentos e aparelhos, como ventiladores pulmonares, aspiradores cirúrgicos, cadeiras de banho e de rodas, camas hospitalares, eletrocardiógrafos, pranchas de resgate, monitores multiparâmetros e termômetros infravermelhos.
  • Em julho de 2021, R$ 2 milhões foram destinados à criação do Hospital Modular em Samambaia. Com isso, foi possível a criação de 102 novos leitos para atender a população do Distrito Federal.
  • Participação na reforma de quatro andares do Hospital São Francisco da Providência, no Rio de Janeiro, para reabertura de 110 leitos, 28 deles de UTI. “A Dasa contribuiu ainda para a remuneração da mão de obra de profissionais de saúde para atuarem no hospital. Esse será um legado que ficará para a comunidade da região”, completa Romeu Domingues.
  • Doação de R$ 108 mil para a Fundação Coordenação de Projetos, Pesquisas e Estudos Tecnológicos (Coppetec), para contratação de técnicos de enfermagem para o Instituto da Criança, no Rio de Janeiro.

Teleconsultas gratuitas

Com o investimento de R$850 mil, a companhia foi disponibilizou 19 mil teleconsultas para a Gerando Falcões, organização social que atua em periferias e comunidades do Brasil. A iniciativa orientou e apoiou pessoas com suspeita de Covid-19 atendidas pela organização. Com o valor do investimento, a Dasa pôde contribuir com cestas básicas e, também, com a compra de vacinas da gripe para os profissionais atuantes das áreas do projeto.

Programa Se Cuida com a Gente

Junto com a ONG Gerando Falcões, a Dasa desenvolveu o programa piloto #SeCuidaComAGente, que realizou atendimentos via central de saúde 24h e acompanhamento médico em três municípios da Região do Alto do Tietê, em São Paulo: Poá, Ferraz de Vasconcelos e Suzano.

A ação contou com 32 profissionais voluntários, entre médicos e psicólogos, e atendeu 500 pessoas.

A meta de 2021 é atender 5 mil pessoas em parceria com entidades, fornecendo serviço de Pronto Atendimento Digital por meio do NAV, plataforma de saúde integrada da Dasa.

Cuidado com os colaboradores

“Desde o início da pandemia, nos preocupamos constantemente em promover iniciativas de apoio e suporte ao time da linha de frente de atendimento. Além disso, em um monitoramento contínuo de necessidades, seguimos focados em oferecer ambientes amparados tecnologicamente para apoiar e garantir o trabalho daqueles que podem ou precisam permanecer em trabalho remoto”, destaca Domingues.

Algumas iniciativas de destaque foram:

  • Mais de 36 mil profissionais da linha de frente e das unidades de medicina diagnóstica foram protegidos com uso de EPIs e treinados para adesão de medidas de segurança e suporte por meio de campanhas de comunicação;
  • A equipe foi monitorada em tempo real, medindo os sinais e sintomas;
  • Foi disponibilizado álcool em gel e os espaços dos locais de trabalho em todas as unidades contaram com aumento do espaçamento;
  • A fim de manter a segurança, todos os funcionários dos setores administrativo, financeiro, jurídico e marketing aderiram ao home office;
  • Adesão ao movimento #NãoDemita e à Medida Provisória 936/2020 para redução de jornada, com complemento para a garantia de 100% do salário de todos os colaboradores;
  • Ampliação do programa Dasa Cuida, com foco no bem-estar físico e mental dos colaboradores. “A pandemia desafiou a saúde mental de todos e, atentos a essa frente, incrementamos ainda mais o nosso programa de saúde mental, que vem obtendo excelentes resultados, com diminuição de absenteísmo e aumento do engajamento e das equipes”, conta Domingues. “Somos uma empresa de saúde. O cuidado das pessoas, sejam médicos, profissionais de saúde, pacientes ou colaboradores, é o que nos move todos os dias”, complementa o executivo.

Informação e conscientização

A fim de manter a população informada, a empresa lançou a plataforma http://www.dasa.com.br/coronavirus, que traz conteúdos com dados epidemiológicos da pandemia no Brasil e no mundo, informações de como se proteger contra a Covid-19, esclarece dúvidas frequentes e desmitifica fake news.

Sustentabilidade e responsabilidade social

Romeu Domingues explica que a sustentabilidade no setor de saúde é extremamente importante para a Dasa. Para que seja possível construir um novo modelo de saúde, é preciso criar uma rede integrada de atendimento. É necessário: cuidar dos colaboradores; investir em inovação e pesquisa; desenvolver políticas de fortalecimento de governança, priorizando boas práticas, ética, diversidade, inclusão e transparência; preservar o meio ambiente com soluções para gestão de resíduos sólidos, controle de emissão de gases efeito estufa e geração de energia de fonte renovável.

“Estamos comprometidos com a agenda ESG, que permeia a nossa estratégia de geração de valor, e com a qualidade dos serviços e a satisfação dos nossos pacientes e médicos prescritores. Essa é a maneira que encontramos de nos conectar com o nosso propósito, que é o de cuidar das pessoas integralmente por toda a vida”, conclui Domingues.


Tópicos

Compartilhar


Equipe Dasa

A DASA é a maior rede de saúde integrada do Brasil, com uma rede de medicina diagnóstica, hospitais e uma empresa de gestão em cuidados. Nossos artigos são escritos por médicos especialistas e passam por uma revisão e validação robusta para a melhor qualidade de conteúdo para nossos pacientes e profissionais da saúde.

Quer saber mais?

Se inscreva em nossa newsletter de Inovação